Pois é. Crise de identidade é um problema...

25.3.04

dona baratinha

Achei que ia ficar encalhada pra todo sempre. Juro que achei!
Pois é... ainda acho. Minhas amigas me dizem que não. "Imagina, você é tão simpática, um ótimo partido com essa fita no cabelo e dinheiro na caixinha. E quem com você se casar, terá doces todo dia, no almoço e no jantar!"
Verdade, tudo verdade... Mas nada disso funcionou com aquele crápula! Aquele rato nojento! Chamá-lo de cachorro seria uma ofensa aos meus colegas caninos. Maldito Dom Ratão, que caiu na panela de feijão, óóóó!
Mas o danado era sedutor, sabem? Era um belo rato, com um pelo marrom brilhoso e algumas manchas brancas, alvas como a neve. Me enganou o tempo todo com seu carisma, com seu charme. Só queria mesmo era o meu dinheiro da caixinha!!!

Ao menos descobri antes de terminarmos a cerimônia... Mas não é que o canalha teve que ir até o fim estragando tudo?! Nem pra deixar os convidados matarem a fome! Tinha que cair justo dentro da feijoada do casamento???

Homens! Ou melhor, ratos!!!

(valeu Fabiano!)

18.3.04

... um trator


E passei por cima dessa história de "MANDE SEU TEXTO AGORA"!!!




PALHAÇADA!

12.1.04

MANDE SEU TEXTO AGORA

Pois é. Prometemos e cumprimos. Se você também quer ser alguma coisa ou alguém por um dia, escreva seu texto e mande pra nós:

hoje_sou@yahoo.com.br

Os melhores textos serão publicados neste humilde blog.

Estamos curiosos...

7.1.04

SEJA O HOJE SOU POR UM DIA

Não são poucos os pedidos que recebemos, também são muitas as pessoas que já enviaram sugestões ou já foram coisas e personagens em seus blogs, em homenagem a esse singelo blog aqui. Pois bem... por total falta de tempo e muita curiosidade sobre o que poderá surgir, resolvemos abrir esse blog, para você, pessoa criativa e esquizofrênica.

Em breve publicaremos o e-mail para que você participe.

28.12.03

... um aspirador de pó

Aí colega, tô de saco cheio já!

16.12.03

... um raio cósmico trafegando quase à velocidade da luz

Acho que estou ficando velho... Bons tempos aqueles em que corria mais rápido que a luz.

Por falar nela... estava aqui agorinha mesmo. Já foi!

26.11.03

... o ponto final

Eu já não aguentava mais! Estava de saco cheio, cansado, queria dar um fim a essa história toda! Um basta!!!

Foi então que meus dois irmãos se aproximaram. Costumam ser mais tranquilos do que eu, sabe? Conversaram comigo e me convenceram.

Resolvemos deixar o final em aberto...

(idéia roubada dele. ;))

23.11.03

... o tatuapé

Cara... cansei...

Já sei, vou pegar um taxi!!!

20.11.03

... tudo de bom

Um sorriso de felicidade, um beijo longo, uma música bonita, várias músicas bonitas, reencontrar um velho amigo, brincar de pique-esconde, rolar na grama, subir em árvore, cantar no chuveiro, comer chocolate. Um bom filme, uma linda foto, uma boa noite de sono, terminar um quebra-cabeças, jogar atari, passear de mãos dadas, falar besteira, fazer cafuné, deitar abraçadinho, contar piada, café com chocolate, damasco com requeijão, qualquer coisa com requeijão, requeijão puro, um abraço apertado, um sussurro no ouvido, mais um beijo longo,
.

.

.

um dia inteiro ao seu lado.

19.11.03

... hoje

Ontem eu fui o amanhã, amanhã serei ontem, depois de amanhã ante-ontem e daqui pra frente o passado.

Pois é... tenho 24 horas para ser eu mesmo...
.

.

.

Então dá licença que eu quero mais é aproveitar!!!

12.11.03

... a cerveja

Quer falar besteira? Quer pagar mico? Quer tomar coragem? Quer ver o mundo rodar até cair? Quer dançar até não poder mais? Se soltar, estravasar, desestressar, esquecer a tristeza, desinibir, curtir a noite, imitar o John Travolta, levar tombo em casamento, rir de piada infame, falar enrolado, dançar na boquinha da garrafa, beijar loucamente na boca, berrar na rua às 5 da manhã, parar o trânsito de braços abertos pra atravessar a avenida lotada, sapatear na chuva, rir, chorar, cantar, abraçar, dizer chega?!!!

Uhuuuuu! Sem probs!!! Tamos aí pra isso!!!

Mas vou logo avisando... se abusar de mim, apago sua memória, hein?!

(Pra você, ora bolas! ;))

27.10.03

... um spray

Não aperta aí, não! Não aperta aí, não! Não aperta aí, não!!!

A

A

A

A

Atchin!!!

...

Eu avisei!

12.10.03

uma borracha

Por favor, por favor, por favor...

NÃO ERRE!!!

Não de novo. Não mais uma vez. Tenha piedade!!!

A cada erro que você comete, é uma parte de mim que vai embora. A cada mudança de opinião sua, é um pedaço de mim que se desfaz. A sua indecisão, a sua insegurança, o seu pensamento cada vez mais efêmero, acaba comigo aos poucos...

Será que você não percebe? Será que você não se importa?

Ou... ou será que...

... minha única função na sua vida é impedir que o mundo conheça os seus erros?

!!!

Estou sendo usada!!!

um anão

Anão! Aaaaaanão!

Ah! Não!

Não!

1.10.03

... um porta retrato.

Nunca imaginei que um porta retrato, como eu, pudesse ser tão amado. Lembro quando minha dona me comprou, me levou para casa e abriu a embalagem. Ficou um bom tempo acariciado minha moldura prateada, com um sorriso lindo nos lábios. Depois colocou uma coisa em mim, o que me fez um pouco de cócegas. Me deixou na sua mesinha de cabeceira, e toda a noite ficava me olhando com os olhos brilhantes, me dando beijinhos apaixonados. Às vezes dormia agarrada comigo, e eu recitava poesias sobre o nosso amor, enquanto ela me apertava contra o peito. Foram os dias mais felizes de minha vida. Um dia ela me agarrou forte, sentou sobre a cama e começou a chorar. Podia sentir as lágrimas quentes batendo em meu vidro. Procurei acalmá-la, falando o quanto estava apaixonado e o quanto era bonita a nossa relação, mas ela parecia não me ouvir. No dia seguinte, acordou e me bateu forte contra a mesinha de cabeceira, me deixando deitado o dia inteiro. Agora, faz quase uma semana que ela me deixou virado para parede. Não sei onde eu errei, se falei algo indevido, impróprio... Tento pedir desculpas, perguntar o que aconteceu, estabelecer um diálogo qualquer, mas ela não me dá ouvidos... Não me escuta...

28.9.03

... um despertador

5:58... 5:59... adoro esse momento! Vamos lá! Vamos lá! É agora! Tocando! Vai acorda! HAHAHAHAHAHA! Esse é o máximo que você consegue? Parece uma mulherzinha! Bate forte! Mais Forte! HAHAHAHAHAHA! Eu sou melhor que Muhammad Ali! Bate de verdade! HAHAHAHAHAHA! Hehe... tá certo, vou desligar agora... Nada como acordar cheio de adrenalina, heim?

- Às vezes eu toco uma hora mais cedo só de sacanagem!

24.9.03

... uma tatuagem de dragão

Cara, olha só eu, olha só! Todo vermelho, maneiríssimo, super bem feito, uma pose do cacete! Quando saio da manga da camisa a mulherada quer me ver, me apertar, diz que sou uma graça, de arrebentar. O pessoal me olha no ônibus, no metrô, os marmanjos dizem que querem fazer um igualzinho a mim! Muito maneiro essa vida de tatuagem, maior responsa.

Mas porra, tô com maior problema! Tô com uma puta coceira no nariz...

E-NÃO-CONSIGO-ME-MEXER!

19.9.03

... uma chave

... tenho medo, eu não fui criada para isso, era para eu ser importante, cuidar do que interessa, proteger o que importa, ele está bêbado, não sabe o que faz, todos sabem como os bêbados são perigosos, eu não queria terminar assim, ele não sabe onde está, eu sei que não estou no lugar certo, essa não é a porta que eu abro, ele me colocou assim mesmo, não dá, não funciona, essa não é a porta que eu abro, ai! Está me machucando, não me force, ai! Grande Chaveiro Celeste, me proteja! Não! Ai! Não!

16.9.03

... a saudade

eu sou uma dor
que dá no peito
que dá no fundo dos olhos

eu também sou febre
que esquenta a pele
que te deixa sem ar

às vezes eu venho como afeto
às vezes, como raiva

mas você não tomará pílulas
você não irá ao médico
porque sou a única coisa
que você realmente tem

eu sou a lembrança
de alguém que deveria estar aqui
mas por uma razão ou outra
não está.

14.9.03

... paradão

Hoje tô assim... vontade de fazer nada.

Não quero escrever, não quero ler, não quero comer, nem ver televisão. Falar, então, nem se fala! Nada de me mexer.

.

.

.

Será que pensando, eu tô mexendo alguma parte do cérebro? Provavelmente... Hmmmm.. Posso não...

Pronto!

Parei!