Pois é. Crise de identidade é um problema...

25.3.04

dona baratinha

Achei que ia ficar encalhada pra todo sempre. Juro que achei!
Pois é... ainda acho. Minhas amigas me dizem que não. "Imagina, você é tão simpática, um ótimo partido com essa fita no cabelo e dinheiro na caixinha. E quem com você se casar, terá doces todo dia, no almoço e no jantar!"
Verdade, tudo verdade... Mas nada disso funcionou com aquele crápula! Aquele rato nojento! Chamá-lo de cachorro seria uma ofensa aos meus colegas caninos. Maldito Dom Ratão, que caiu na panela de feijão, óóóó!
Mas o danado era sedutor, sabem? Era um belo rato, com um pelo marrom brilhoso e algumas manchas brancas, alvas como a neve. Me enganou o tempo todo com seu carisma, com seu charme. Só queria mesmo era o meu dinheiro da caixinha!!!

Ao menos descobri antes de terminarmos a cerimônia... Mas não é que o canalha teve que ir até o fim estragando tudo?! Nem pra deixar os convidados matarem a fome! Tinha que cair justo dentro da feijoada do casamento???

Homens! Ou melhor, ratos!!!

(valeu Fabiano!)

18.3.04

... um trator


E passei por cima dessa história de "MANDE SEU TEXTO AGORA"!!!




PALHAÇADA!